Rodrigo Santiago

Trash com muito orgulho

In Trash on 2, outubro, 2003 at 11:00

É o que pensei quando terminei de assistir ao filme “Fome animal” (Braindead – 1992), na verdade foi bem no inicio do filme. Pelo que bem me lembro foi o filme em que presenciei à maior quantidade de sangue, o filme é estupidamente sanguinolento. A diferença desta peça raríssima dentre as outras fitas trash é que ela foi dirigida por um diretor que hoje é famoso, Peter Jackson, fazendo este filme ganhar aspecto cult entre os filmes trash. Ou entre os filmes do diretor.

Vamos à sinopse: um rapaz psicológicamente dominado pela mãe, vive tranquilamente em uma cidade da Nova Zelandia. Mas antes disso tudo há uma introdução ao filme, ao tema, e já aí se supõe quão trash o filme será. As coisas começam a mudar para esse rapazinho (Lionel) quando este conhece uma garota (Paquita), e em uma ida ao zoológico, vêem um macado-roedor horrendo, o macaquinho do começo do filme. No final a mãe de Lionel acaba sendo mordida por esse macaquinho daí pro resto é um pulo. 

O resto do filme é sangue, sangue e sangue, com alguns toques de um excelente humor negro, que o faz pensar “porque diabos estou rindo num suposto filme de terror?”. Destaque também para a divertida trilha sonora. O bom deste filme é que ele não quer ser um filme de terror ou suspense igual a muitos trash. Ele é trash assumido, pois não há como se fazer algo sério com um enredo daqueles. Vendo este filme me lembro de Sam Raimi e dos seus “A morte do demônio/Noite alucinante(s)”, onde o terceiro filme da série assume definitivamente a atmosfera do humor-negro. É isso que me fez querer assistir a “Fome animal”, e é isso que faz eu gostar dele. Agora, quem tem estômago fraco, fique longe desta fita, é o conselho que dou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: